quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

A chegada do Inspector

É chegada a hora da apresentação oficial do Blogue "O inspector Elvense". Ideia que nasceu a algum tempo, mas que so agora começa a ganhar forma, é um projecto de um jovem Elvense, que usando a sua visão critica pretende partilhar seus pontos de vista.
Utilizando e juntando-se assim a uma blogosfera Elvense que tem vindo a aumentar nos últimos tempos, mas que tem a meu ver, vindo a tornar-se simplesmente numa ferramenta politica, apresentando-se muitas vezes como uma "guerra de barricadas", onde pessoas com intereçes politicos se revelam no seu "melhor".
Eis aqui o primeiro sinal de diferença, este sera um blog sem mais interesses do que os de apresentar as ideias de um jovem com sentido critico, que não sente a necessidade de se aliar a nenhum partido nem grupo politico, seja ele qual for. Serei neutral e defenderei unica e exclusivamente a minha palavra.
Entendo que é a "palavra" a arma mais forte de uma pessoa, e vou utiliza-la enquanto a liberdade de expressão me o permitir.
Muitas vezes serei sarcástico, hirónico e talvez duro nas palavras, mas o que certamente nunca serei é hipócrita e resguardado!
Escrevo de peito aberto sem receio, pois nada tenho a esconder, nada tenho a temer.
Importa-me apenas que todos aqueles que visitem este blog, leiam meus textos e que estes despertem em cada um de vós o interesse e a atenção pelos mais variados assuntos. Não interessa o que pensem sobre a forma como escrevo, mas sim o que pensam sobre aquilo que escrevi.
A revolução começa aqui,
Bem vindos ao..
Sr. Inspector Elvense

3 comentários:

Jed Dickens disse...

inspector acho bastante bem o trabalho que vais fazer, a opinião de todos conta, a voz de todos tem de ser ouvida! abraços ;)

JED

AP disse...

Seja bem vindo à blogosfera.
Vou estar atento.

Anónimo disse...

Somente quem tem a vocação da política terá certeza de não desmoronar quando o mundo, do seu ponto de vista, for demasiado estúpido ou demasiado mesquinho para o que ele deseja oferecer. Somente quem, frente a todas as dificuldades, pode dizer "Apesar de tudo!" tem a vocação para a política.